Arquivo do blog

quarta-feira, 3 de maio de 2017

A reativação da economia europeia sem a União

Resultado de imagem para marine le pen


Tempos de paranoias... Tem que se ter os pês no chão e saber o que se passa, senão sai-se desarvorado pelo galinheiro cocorocando em desespero como se o céu se desfizesse em milho pipocante e o Bispo estivesse de férias sem poder acalmar o bando...

Régis Debray, francês, escritor, dramatiza a situação e diz que "a Europa saiu da história", que a culpa é da "americanização" que acabou influenciando as eleições francesas.... Ora ele tem a minha idade mais ou menos, setenta e poucos, e tem boa memória... Isso já aconteceu, mas foi em 1945, quando a Europa (e o mundo) se salvou do Hitler graças aos americanos...

Marine Le Pen (ou Macron) já deram sinais de querer mexer no euro. Não está muito claro ainda, mas vai acabar como o Reino Unido que NUNCA mexeu na Libra e sai da União Europeia... Está na cara que não tem sido bom negócio para todos essa moeda 
única, e tanto quanto se sabe os únicos Bancos sem problemas sérios são os alemães... Portugal e Grécia não gerenciam suas finanças como sabem, mas como lhes interessa politicamente. São "socialistas"... Ou dizem ser em tempos que ninguém mais quer ser. Ambas nações devem ao FMI e outros credores. Mas ontem a Grécia mais uma vez conseguiu redução da dividia... Portugal não!

Não há que temer com a Europa, e os países que "endireitaram" como a França, a Inglaterra, Polônia, Áustria e Alemanha, nem com a saída da União Européia ou o seu fim... Em alguns lugares de meus blogs ou site escrevi por mais de uma vez, e venho dizendo isso, que a Iugoslávia de Tito é uma Avant-Premiére da União Européia: Tito quis unir povos diferentes numa República, e quando ele morreu, CABUM!!!!!

A União Europeia, Cabum... Europa não... A economia com as despesas dos euro-deputados e de gastos operacionais é muito grande, mas não apenas por isso se justifica a saída de países inteligentes. Al
ém das despesas a fundos perdidos e lucros cessantes, em tempos de crise se sobrevive melhor sozinho se se sabe e se pode trabalhar como se quer. Quanto menor a nau menor a tormenta....

Rui Rodrigues