Arquivo do blog

terça-feira, 18 de julho de 2017

Urbe et Orbi et Cetera.


Resultado de imagem para terras produtivas no planetaOremos e meditemos sobre nós mesmos no contexto de uma vida limitada a este planeta.

No tempo dos Sumérios, éramos cerca de 4.000.000 de pessoas, cabendo a cada uma, cerca de 125 km2 ou 125 milhões de m2. Uma enormidade... Mas ninguém sabia que existia tanta Terra...

No tempo de Pedro Álvares Cabral, caberia a cada um dos cerca de 425 milhões de habitantes deste planeta 1,2 km2 ou 1.200.000m2 aproximadamente.

Na Segunda Guerra Mundial éramos cerca de 2,5 bilhões de pessoas. Caberia a cada uma cerca de 0,2 km2 ou 200.000 m2.

Somos atualmente 7.500.000.000 habitantes neste planeta que tem cerca de 500.000.000 de km2. Dividido social e igualitariamente entre todos, cada um de nós ficaria com cerca de 0,07 km2, ou 70.000 m2.

Para o ano de 2050 prevê-se uma população de cerca de 19 bilhões de seres mais ou menos humanos. Caberia cerca de 50.000 m2.

Mas sempre houve guerras por terras. Assim, parece que o problema está na qualidade e não na quantidade. Lutam-se hoje lutas barulhentas ou "surdas" pela qualidade da terra que se traduz em dinheiro. E se considerarmos que apenas 20% são terras "produtíveis", caberia a cada um de nós cerca de 1,4 hectares, ou 14.000 m2 atualmente.

Então você ainda acha que existe - ou pode existir -  comunismo e socialismo, ou estão passando a conversa em você para que seja bonzinho e fiquem com a sua "fatia social" do planeta?

E se dividirmos o PIB mundial (anual), isto é, a  "riqueza" total que o mundo produz anualmente, e dividir pelo total da população, deve chegar a cerca de 60 dólares mensais por pessoa. Talvez eu tenha errado minhas contas. Que tal conferir?

Mas seja como for, Venezuela, Coreia, Cuba, e os antigos países comunistas são exemplos do fracasso dessas ideias. Dividem nada ou quase nada entre todos. Os diplomas, doados a gente que coopera com o partido único, dificilmente são validados internacionalmente.

Rui Rodrigues
Urbe et Orbi et Cetera