Arquivo do blog

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Estátuas e medalhas



Resultado de imagem para ruas 1930


Vamos ver se consigo me explicar:

Earl Haig foi comandante famoso do exército britânico. Não me lembro porquê,mas não foi por roubar nem por ser corrupto. Em 1914-1918, desenrolou-se a primeira grande guerra mundial por causa do assassinato de um arquiduque. Já mataram reis e rainhas, cônsules e presidentes, já soltaram foguetes intercontinentais e nem por isso houve guerras mundiais. Guerras só as há quando as querem, mas o fato é que durante essa guerra resolveram transportar a estátua do famoso general pelas ruas de Londres. Aproveitando que estamos falando de guerras, Londres já se chamou Londinium quando foi fundada pelos Romanos ali mesmo, onde está até hoje, no século primeiro depois de Cristo. Mas mudando de assunto, para ver se consigo me explicar, ninguém se lembra do tal comandante nem que sua estátua foi transportada pelas ruas de Londres. O motorista da carripana já morreu. Se rodarmos este mundo perguntando se alguém sabe o que seja a foto, ou se lembra, a resposta será não, exceto pelas turmas de ciências militares do Reino Unido e um ou outro bem dotado de memória que tenha lido sobre a primeira guerra mundial!

O tempo, que atravessamos enquanto vivos, por mares montanhas cidades estrelas e panetas, é como o nevoeiro da fotografia de Londres: Num dia entre 1914 e 1918 enquanto o general desfila em estátua sem nada ver como se  estivesse definitiva e irremediavelmente, morto! Mas quando o nevoeiro passa e vamos na janela, já estamos em 2017 e ninguém se lembra do passado, a paisagem é outra, mas teimamos em dizer que o mundo é o mesmo. Ora, se para um comandante da estirpe de Earl Haig, ninguém se lembra, imagine de mim, de você, Lula, Dilma,Temer, Aécio, esses corruptos do Senado, da Câmara.... Por melhores ou piores que sejamos em vida. Mas não vamos muito longe, nem a Londres ou na Flandres, revisitar a batalha do Somme. Vamos ali mesmo, aos cofres públicos. Abrimo-los e o que vemos ??? Um nevoeiro...Uma névoa como cortina de fumaça... Agora, se lhes perguntardes, dir-vos-ão que merecem estátuas, medalhas no peito, gorda maquia de aposentadoria por serviços prestados. Haig, sim, esse mereceu! A Pátria primeiro, sempre.


Rui Rodrigues